Buscar
  • Prevenir

5 preocupações que você deve ter com o seu funcionário

Em um ambiente de trabalho saudável, o empregador deve sempre se preocupar com a saúde e com a qualidade de vida do seu colaborador. E, para ajudá-los a ficarem sempre atentos a essa questão, elaboramos este conteúdo que pretende contribuir para que tudo esteja regulamentado, como pedem as normas padrões. Vamos lá?


1- Exames admissionais

Começamos pela chegada de novos funcionários à sua equipe. Nesse momento, já é exigido que as empresas façam determinados exames para admitir a entrada do novo integrante. De acordo com a Legislação do Trabalho, é obrigação legal das empresas, independente do porte, pedir o exame admissional e arcar com os seus custos.


É importante fazê-lo para garantir não apenas a saúde do seu colaborador, mas também a da sua empresa, que deve ser composta por pessoas com a saúde adequada para ocupar aquele cargo.


Este exame é basicamente uma consulta médica para avaliar a saúde física e mental, e o perfil do indivíduo a ser contratado. Ele tem como intuito confirmar que o profissional é apto a realizar as tarefas do cargo no qual foi contratado, sem que existam riscos para a sua saúde ou segurança.


2- Exames periódicos

É de extrema importância saber se o trabalhador está com a saúde em dia. Por isso, a legislação específica da NR-7, obriga que as empresas monitorem a saúde física e mental dos trabalhadores.


Isso ocorre através dos exames periódicos, que devem ser feitos a cada 2 anos para pessoas entre 18 e 45 anos, e anualmente para menores de 18 anos e maiores de 45 anos.


O exame periódico tem como objetivo trazer segurança, tanto para o empregado, quanto para o empregador, pois ele avalia a exposição do funcionário aos riscos da atividade que exerce. Assim, é possível controlar os impactos de exposição da saúde do funcionário, além de garantir a prevenção e detecção mais rápida de doenças que o funcionário possa vir a ter.


3- Exames demissionais

Não é apenas quando o funcionário inicia em uma empresa que o trabalhador precisa fazer alguns exames. Quando ele está para sair também é preciso ter esse controle.


O exame demissional é uma análise clínica do funcionário, realizada pelo médico, para que ocorra o seu desligamento no serviço.


Este tipo de exame envolve o histórico de saúde do funcionário, análise clínica e mental, além de avaliações complementares, de acordo com os riscos que o trabalhador foi submetido durante o período de atividade na empresa.


Além disso, ele é obrigatório, por lei, para todos os empregados celetistas. Sendo assim, ele é de extrema importância, tanto para os empregadores que desejam se manter corretamente dentro da lei, quanto para os funcionários, que têm o exame demissional como uma medida de segurança.


4- Mudanças de função e saúde mental do empregado

Mudanças de função dentro de uma empresa podem acarretar muito estresse ao trabalhador, além de, às vezes, serem uma porta para a ansiedade e outros distúrbios da mente.


A ansiedade no ambiente de trabalho é muito danosa, pois ela pode trazer malefícios ao funcionário e à empresa, já que tem um potencial para prejudicar a qualidade do serviço do empregado que possui o distúrbio.


Por isso, é importante que a empresa cuide da saúde mental dos seus funcionários. Isso pode ser feito com o fornecimento de um plano de saúde que contenha bons psicólogos e psiquiatras, ou até mesmo com horários mais flexíveis e palestras sobre o assunto.


É muito importante que a empresa demonstre preocupações com a saúde mental dos empregados.


5- Oferecer cursos sobre as Normas Regulamentadoras

Tanto para o empresário, quanto para o funcionário, saber sobre as NR’s é fundamental. Elas regulamentam e fornecem orientações sobre os procedimentos obrigatórios, relacionados à segurança e saúde do trabalhador.


É importante saber como seguir essas normas para garantir que a sua empresa não tenha processos trabalhistas futuramente. Por isso, uma preocupação a ter com seus empregados, é fornecer cursos para que eles compreendam as NR’s e sigam as regras de segurança.


Na nossa loja de treinamentos você encontra vários cursos específicos para cada área empresarial, que explicam tudo o que seu funcionário precisa saber sobre as Normas Regulamentadoras. Acesse www.treinamentos.prevenirmedicina.com.br e fique por dentro.


A Prevenir tem o prazer de te ajudar. Conte com a gente!


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Aprenda como trabalhar a Saúde Assistencial na sua empresa

Você já deve ter ouvido falar em Saúde Assistencial, não é? Realmente, cuidar da saúde dos colaboradores não é uma tarefa fácil para os empresários, mas é necessária. Ela é uma peça essencial para gar

Saiba o que mudou nas NR'S

Nos últimos anos, o Governo começou a realizar algumas modernizações nas normas regulamentadoras e, no início de 2020, mais quatro novas normas foram atualizadas e entrarão em vigor a partir do dia 1º